Tag: saúde

Uma alimentação saudável e equilibrada pode sim melhorar sua imunidade

Diante deste tema, várias perguntas surgem em nossa mente:
1 – o que define uma alimentação saudável?
2 – que alimentos podem melhorar minha imunidade?
3 – que alimentos podem piorar minha imunidade?
4 – ter uma alimentação saudável significa que minha imunidade estará ótima e conseguirei combater vírus (tão atual!) e bactérias?

Alimentação saudável é definida pela ingesta de alimentos de alto valor nutricional, isto é, rico em vitaminas, oligoelementos e anti-oxidantes, além de fornecer uma quantidade equilibrada dos macronutrientes– carboidratos, proteínas e gorduras.
A OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda a ingesta diária mínima de 400g de vegetais (frutas, legumes e verduras) para se garantir as quantidades mínimas necessárias das vitaminas e oligoelementos.
A quantidade dos macronutrientes deve ser individualizada de acordo com as necessidades e o momento de cada pessoa.
Das vitaminas e oligoelementos, as que mais auxiliam o sistema imunológico são as vitaminas C , D e E, Zinco, Selênio, ômegas e carotenoides.
A vitamina C é um excelente anti-oxidante, funciona como regenerador de tecidos e melhora a qualidade dos linfócitos, glóbulos brancos responsáveis por uma das etapas na defesa contra os vírus. Pode ser encontrada em frutas cítricas como limão, laranja, tomate e acerola. A lichia também contém alto teor de vitamina C.
Os carotenoides são substâncias anti-inflamatórias e anti-oxidantes muito potentes e encontradas em alimentos de coloração alaranjada ou avermelhada como cenoura, abobora, mamão, manga.. mas também nos verde-escuros como couve e espinafre.
A vitamina E reforça o poder anti-oxidante da vitamina C e é ricamente encontrada nas oleaginosas – amêndoas, nozes, castanha de caju, castanha do Pará, além de também ser encontrada no abacate e nos azeites. Esses mesmos alimentos ainda contém variedades de gordura boas, os ômegas.
O Zinco é um oligoemento que funciona como cofator enzimático, isto é, na presença dele as enzimas são ativadas. Ele é um dos oligoementos mais utilizados pelo nosso organismo nas situações de estresse. Alimentos ricos em zinco são os frutos do mar, as leguminosas (particularmente lentilhas e feijões), as sementes e os derivados lácteos.
O Selênio é ricamente encontrado na castanha do Pará e desempenha importante papel na melhoria da imunidade uma vez que é super anti-inflamatório.
Ora… se os alimentos anti-inflamatórios melhoram a imunidade, subentende-se que os alimentos inflamatórios a pioram. É exatamente assim!! Alimentos altamente processados e cheios de corantes artificiais pioram o sistema imunológico, assim como o fazem os carboidratos refinados e o açúcar. Exemplos de alimentos que você deve abolir são salgadinhos e sucos artificiais, frios como presunto, peito de peru, mortadelas… pães cheios de farinhas brancas e açúcar.
Mas… mesmo que vc se alimente bem, tenha uma saúde intestinal boa, mantenha-se com baixo nível de estresse, pratique atividade física regular e tenha um sono reparador… ainda assim seu sistema imunológico pode ser “enganado” pelos vilões vírus e bactérias. Assim, a proteção e vigia constantes são essenciais!
Beijos e cuidem-se!
Com carinho, Dra Cristiane.